Busca do site
menu

Privatização da atenção básica em saúde é tema de entrevista

ícone facebook
Publicado em:29/10/2020

No espaço 'Entrevista com Autores', produzido pela revista Cadernos de Saúde Pública (CSP), já estão disponíveis mais duas entrevistas no canal da ENSP, no YouTube. Numa das entrevistas, o debate é sobre a radicalização da política de privatização da atenção básica em saúde no Brasil. A outra entrevista aborda os múltiplos enfoques da avaliação em saúde. Ambas são baseadas em artigos científicos publicados pelo periódico. Confira!


Para a conversa sobre os múltiplos enfoques da avaliação em saúde, conduzida por Cláudia Travassos, editora emérita de CSP, foram convidadas quatro das autoras dos estudos:


- Lígia Maria Vieira-da-Silva,  professora associada aposentada do Instituto de Saúde Coletiva da UFBA;


- Maria Novaes, professora do departamento de Medicina Preventiva da Faculdade de Medicina da USP;


- Mônica Martins, pesquisadora do departamento de administração e planejamento em saúde da ENSP e editora associada de CSP; e


- Lilia Blima Schraiber, professora do departamento de Medicina Preventiva da Faculdade de Medicina da USP.




Os textos em debate nesse episódio podem ser lidos na íntegra:


- Apontamentos históricos, conceituais e empíricos https://bit.ly/2ZCR6yj


- Avaliação das Tecnologias em Saúde https://bit.ly/32ahp0j


- Avaliação de programas de saúde https://bit.ly/3ij3evu


- Comentário https://bit.ly/2RcZlMw


- Texto autobiográfico David Banta https://bit.ly/3ieB1G0


Na entrevista sobre a radicalização da política de privatização da atenção básica em saúde no Brasil, a condução ficou a cargo de Luciana Lima, editora de CSP. As entrevistadas foram:


- Márcia Valéria Morosini, professora pesquisadora da Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio da Fiocruz;

- Angélica Ferreira Fonseca, professora pesquisadora da Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio da Fiocruz e editora chefe da revista Trabalho, Educação e Saúde;

- Tatiana Wargas, professora pesquisadora Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP).