Busca do site
menu

Participe da pesquisa inédita sobre delivery de comida e saúde

ícone facebook
Publicado em:06/05/2020
Nos últimos anos, o hábito de pedir comida por aplicativos se tornou comum na população brasileira, em especial nos grandes centros urbanos. No atual momento de distanciamento social, em razão da pandemia de Covid-19, é possível que esse seja um dos principais meios de aquisição de comida pronta para consumo. Com o objetivo de analisar os fatores envolvidos na decisão de comprar e as escolhas alimentares feitas nesse ambiente virtual, a aluna do curso de mestrado em Epidemiologia em Saúde Pública da ENSP, Laís Vargas Botelho, está conduzindo a pesquisa “Ambiente alimentar virtual: estudo sobre o uso de aplicativos de entrega de comida e sua associação com a alimentação e com o estado nutricional em residentes da região metropolitana do Rio de Janeiro”. O questionário para participação pode ser acessado aqui.
 
A pesquisa sobre o uso de aplicativos de entrega de comida na região metropolitana do Rio de Janeiro é orientada pelas pesquisadoras Letícia Cardoso, da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP/Fiocruz), e Daniela Canella, do Instituto de Nutrição da Uinversidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj). Para a autora do estudo, os resultados da pesquisa possibilitarão conhecer a relação entre o hábito de pedir comida por aplicativos de entrega e a saúde, podendo ajudar a formular ações de promoção da alimentação saudável.
 
“O estudo busca descrever aspectos da compra de comida em aplicativos, e avaliar a associação do uso dessa tecnologia com desfechos em saúde, tendo como público alvo residentes da região metropolitana do Rio de Janeiro. Nossa intenção é entrevistar cerca de 3000 pessoas, de maneira que tenhamos uma amostra que seja parecida com a população em geral. Para isso, contaremos inicialmente com a ajuda de alunos e egressos de vários programas da Fiocruz e depois com outros respondentes. Esperamos entender melhor como esse contexto virtual têm funcionado em nossa vida cotidiana” diz Laís.
 
 
Sessões Relacionadas:
Pesquisa

Nenhum comentário para: Participe da pesquisa inédita sobre delivery de comida e saúde